segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Vida cheia de gente...

Dia desses ouvi uma reportagem que informava que morre uma pessoa a cada um minuto e meio...caramba! explanei.
Definitivamente não consigo assimilar isso...é meio inimaginável pra mim. Mais infelizmente é o que acontece.
E eu me pergunto..O que seria do mundo sem tanta gente?
Teríamos menos problemas? Talvez. Seria um mundo menos evoluído? Acho que não, a capacidade do ser humano é infinitamente absurda.
Mas, pra falar a verdade...eu gosto mesmo é de gente. (Tudo bem que muitas vezes, necessito ficar só, mas, isso até o mais tagarela precisa, rs)
Na verdade, gosto de gente que sorri um sorriso sincero e que me faz sorrir também. Gente que diz “obrigado” e “por favor”...palavras essenciais nos dias de sempre.
Gente que me faz refletir e que seja pouco convencional, tipo, mente aberta pra vida. Não gosto de quem me faz entender, gosto é de quem me faz esquecer porque quase sempre eu lembro de tudo.
Às vezes sou uma caixinha de surpresas. Se me vires andando pela rua, por favor, não dê nada por mim, mas, não reclame se eu te surpreender porque eu gosto do inesperado e do inexplicável. Por isso, gosto de poesias e de palavras que ninguém entende...costumo escrevê-las sabendo que apenas eu sentirei o que elas dizem.
Gente é um “bicho” inexplicável mesmo, com gostos particulares em cada lugar desse mundo afora. E tem de todo o tipo..brancos, loiros, morenos, ruivos, altos, baixos...e por aí vai.
Mais o que mais gosto em gente, é aquele que faz do seu instante, algo inconstante e particular porque essa vida só tem graça se tivermos gente ao nosso redor.

4 comentários:

"o poeta da verdade" disse...

Acho que vc já deve ter assistido ao filme "O náufrago" rsrs.Mencionei a vc sobre o livro o pequeno principe e a cada trecho dos seus atuais textos ou até mesmo os mais antigos, o livro se torna "vivo" na minha mente! É muito interessante ... " nada acontece sem razão mesmo que o inesperado de momento - o tal do acaso - venha de frente a vc na trajetória que segue o dia a dia "...fica com DEUS ahhh , quase esqueci , hj assisti "O diário de um Espírito" rsrsrs não sei porque coloco neste momento , pois não tem nada a ver com o seu texto , mas tive vontade de colocar no comentário rsrs, vai entender rsrsrs , difícil!?

Lu disse...

rsrs...tudo bem amigo poeta, seus comentários são sempre bem vindos.
Já assisti o filme sim e por incrível que pareça lembrei dele quando terminei de escrever esse texto...nada acontece sem razão não é mesmo?!
Obrigada mais vez pela visita.

Beijos.

Carlos disse...

Lu, outra estatística me assombrou hoje no caminho do trabalho: até ontem, ou seja, em 26 dias, 56 pessoas foram assassinadas em Manaus. Mais que duas por dia!!! Parece que a vida se torna cada vez menos valorizada em nossa cidade, que já foi tão tranquila...
Eu também gosto de pessoas, sempre digo isso. Mais do que lugares, posses, eu gosto de boa companhia.
Adorei seu blog, amiguinha!!! Nunca imaginei que fosse tão... tão... rosa, kkkkk!
Vou passar com mais tempo para ler tudo, pq seu amigo é viciado em blogs, rs!
Até sexta (ou sábado!)

Lu disse...

Nossa amiguinho...sabia que nossa querida Manaus estava perigosa, mas, não esperava tanto!
Gostei do "tão...tão...rosa" kkk.
E sinta-se à vontade...volte quantas vezes quiser...não sou escritora, nem tenho talento pra tanto (como você), apenas tento pôr "pra fora" tudo o que me acalma ou me inquieta.
Ah, também sou viciada em blogs, na verdade, descobri esse vício recentemente, rsrs.

E...até a próxima farra..vamos comemorar já que agora e mais uma vez você está na Federal, yuhoooooo!

SUCESSO!!!

Beijão.